6 de jun de 2011

Como os pingos da chuva


Img da net
 Outra vez a chuva cai,
Os pingos são suaves feito pluma,
Suspiro de contentamento,
Assim a olhar a chuva,
Sinto um grande alento.

Instantes magicos vem e vão,
Cabe a nós eternizá-los,
Na memoria e no coração.
A vida segue, eu sigo a vida,
Nas idas e voltas da esquina do tempo.

Seguindo a vida...
Avante,
Como os pingos da chuva.
(By Alice)

8 comentários:

  1. Lindo poema!
    Doce e suave.
    A julgar pelo poema, o livro deve ser muito bem escrito.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Oi Alice,
    Voltei para me desculpar. Imagine, vi o livro na lateral de seu blog e logo me imaginei no blog
    dela. Também a estou ajudando a divulgar o livro.
    Mas não importa, o que vale é a lindeza de seu poema.
    Beijoca.

    ResponderExcluir
  3. Temos que seguir sempre...Adorei o poema! beijos,chica

    ResponderExcluir
  4. Oi amiga
    Poema muito lindo!
    Terno e tocante...
    bjs
    Tina (MEU CANTINHO NA ROÇA)

    ResponderExcluir
  5. Bom dia moça!

    Linda poesia, delicada e gostosa de ler e sentir... Ahhh é que bom poder eternizar instantes mágicos, não?! Um lindo dia. Beijinhos. Su.

    ResponderExcluir
  6. kkkk isso acontece Vera, obrigada querida.

    ResponderExcluir
  7. Parabéns Alice,lindo Poema!!!
    Obrigada pelo carinho Cantinho Forno Fogão,
    seu espaço é simplismente Maravilhoso...
    Cheio de Energias positvas...Adoro!!!
    Então tenho postado no blog mes de março dia 7 e 13,
    duas receitas de torta de morango,
    outra uma cobertura de morango.
    Você quer que eu te envie por e-mal,
    bjs e linda noite!!!

    ResponderExcluir
  8. Alice querida,seja bem vinda sempre
    que puder,qualquer duvida,se eu puder
    ajudar me fala ok
    bjs no core amiga!

    ResponderExcluir