8 de jun de 2011

Nina, a joaninha


Nina vivia triste
Sem ter com quem brincar
Resolveu dar uma volta
E amigos procurar.

Voando aqui, pousando ali,
Parando pra descansar,
Sempre com cuidado,
Para não se machucar.

Avistou ao longe um monte,
Com flores reluzente feito o sol,
Amarelando o horizonte,
Era sim um campo de girassol.

Ouviu grande algazarra,
Grilo, louva-deus e gafanhotos,
Joaninhas, cigarras,
E alguns bichos escrotos.

Correu, logo foi se apresentar,
Enfim conseguira o que queria,
Ter amigos pra brincar,
Toda hora, todo dia.

(ByAlice)

9 comentários:

  1. Adorei essa Nina e fiquei feliz que ela arrumou amigos para brincar.

    Um beijo,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Lindo! Simpática a Nina.
    Boa noite. Edna.

    ResponderExcluir
  3. Alice,
    Me senti a própria joaninha.
    Que fofura de poema.
    Você é muito doce em tudo que escreve.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Querida Alice, amei o seu poema e coloquei-o no blog da minha netinha(com os devidos créditos,é claro)
    Bjsssss,Leninha

    ResponderExcluir
  5. Olá.
    Awe inspirar seus trabalhos ...

    Obrigado por seu amor e sinceridade.
    Tenha uma boa semana.

    Saudações.
    A partir de Saga, no Japão.
    ruma

    ResponderExcluir
  6. Lindinha essa poesia, lembrei da Chica...hehehe
    Porque será?!!!rs

    Alice, você é um encanto com suas doces poesias!

    Um lindo dia e obrigada pelo carinho!

    Su.

    ResponderExcluir
  7. Realmente Su, para mim joaninha e nuvem lembra a Chica... rsrsrs.

    ResponderExcluir
  8. Alice te respondendo não sei porque em chamam de titi...me falaram uma vez lá pelas bandas de Minas que é porque sou muito detalhista,muito cheia de titiquises entende? rss..
    Adorei sua poesia de joaninhas,muito fofa.....e seu cantinho encantador..
    um bom dia com chuvinha e frioooo.
    bjos
    titi

    ResponderExcluir
  9. Alice...que lindo!
    Adoro joaninhas...adoro o nome Nina!
    e vc, conseguiu ouvir a música?
    Bjo

    ResponderExcluir