29 de jul de 2011

Ausência


Na almofada branca,
as sandálias sonham
com a seda dos teus pés…

Partiste..
Mas a alegria ainda ficou no quarto,
talvez no ninho morno,
calcado por teu corpo
no leito desfeito…

Entardece…
Esfuziante e verde,
um beija-flor entrou pela janela,
(pensei que a tua boca ainda estivesse aqui…)

Do frasco aberto,
vestidas de vespas,
voam violetas…

E na almofada de seda,
beijo as sandálias brancas.
vazias dos teus pés

(Joao Guimaraes Rosa)

6 comentários:

  1. Olá!!

    Venho conhecer seu blog- e dou de encontro com Guimaraes Rosa- eu só posso agradecer ao evidente bom gosto!

    Bom espero que tenha um ótimo fim de semana- um prazer estar aqui!

    Se puder- venha conhecer o Alma, meu blog!

    Beijo

    ResponderExcluir
  2. O blog http://conhecerkardec.blogspot.com completa 1 ano de existência dia 30/7. Deixei para vc selinho comemorativo no blog. Faça uma visitinha. Muita paz!

    ResponderExcluir
  3. Linda imagem ,o trecho que fala sobre o beija flor me remeteu a uma lembrança. Bom final de semana, bjs!!!

    ResponderExcluir
  4. Linda imagem!
    Amei o poema...Gosto muito de Guimarães Rosa.
    Abraços! Uma linda noite pra ti.

    ResponderExcluir
  5. Poema lindíssimo. Tem muita sensibilidade...Um beijo e ótimo fim de semana. Smareis

    ResponderExcluir
  6. Lindo o nosso Guimarães Rosa..Boa noite, Bjs.

    ResponderExcluir