5 de ago de 2011

Renuncia

Chora de manso e no íntimo… Procura
Curtir sem queixa o mal que te crucia:
O mundo é sem piedade e até riria
Da tua inconsolável amargura.

Só a dor enobrece e é grande e é pura.
Aprende a amá-la que a amarás um dia.
Então ela será tua alegria,
E será, ela só, tua ventura…

A vida é vã como a sombra que passa…
Sofre sereno e dalma sobranceira,
Sem um grito sequer, tua desgraça.

Encerra em ti tua tristeza inteira.
E pede humildemente a Deus que a faça
Tua doce e constante companheira…

Manuel Bandeira

13 comentários:

  1. Lindo poema,bela escolha!beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Prezada amiga
    Hoje vim lhe agradecer pela sua linda e carinhosa presença lá no meu cantinho, através de um simples selinho, 300 seguidores , feito com muito carinho.
    Agradeço-lhe de todo o coração!
    Abraço amigo!
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  3. Alice,que lindo soneto de Manuel Bandeira!Eu adorei!Muito lindo!Bjs,

    ResponderExcluir
  4. Belo poema querida, um lindo final de semana. Bjs!!!

    ResponderExcluir
  5. Nossa Alice,
    parece que vc adivinha!
    vim te agradecer o carinho lá no meu cantinho e esses lindos versos acabaram me consolando!
    Hoje tive uma tristeza, estou meio pra baixo. Algumas pessoas são insensíveis e sem noção. Não sabem apreciar a vida, a saúde e as bençãos de Deus a cada dia. Não sabem agradecer. É uma pena, porque acabam nos entristecendo com isso!


    Obrigada pelos lindos versos.
    Vieram na hora certa!!!

    Bjinho stalado

    ResponderExcluir
  6. Meu Anjo..
    Agora, neste momento,
    onde quer que esteja,
    sinta o coração tranqüilo,
    a alma leve, a mente junto da luz.
    Sinta neste momento, o ar que te rodeia,
    a vida que pulsa perfeita em você.
    Não se descuide nunca!!!!
    Dê sempre a você, o melhor...
    aceitando a transformação dos tempos,
    aprendendo que a cada dia,
    muito está reservado para a você.
    Então, seja feliz agora..
    Seus lindos Sonhos realizados.
    Um final de semana lindo e abençoado.
    Sua Amizade Para Mim é Tudo.
    Bjs,,Evanir,,
    Hoje entrei seguindo você.

    ResponderExcluir
  7. Obrigada!Alice por sua presença
    no meu espaço e palavras me deixam
    muito feliz!

    Receba o meu carinho e forte abraço!

    A alegria tem uma dimensão sagrada,

    bjs no core queridona!

    ResponderExcluir
  8. Parabéns!Manuel Bandeira,
    lindo poema...risos
    Abração Alice querida!

    ResponderExcluir
  9. Oi linda,
    lí seu recadinho e respondí!
    Se vc não receber, me avisa?

    Mil Bjinhos

    ResponderExcluir
  10. Manoel Bandeira, adoro! Linda escolha, fazia tempo que não lia suas poesias...

    Beijinhos moça querida e lindo domingo pra ti!

    Su.

    ResponderExcluir
  11. Lindo poema..escolheu bem querida...saudades de você....te desejo um bom fim de semana com muita paz..
    sua amiga que te gosta..muito..
    titi

    ResponderExcluir
  12. Oi,Alice!
    Minha querida, as palavras deste poema de Manuel Bandeira soam como as ondas,e batem sempre fortes na nossa alma... Lindo demais! E isso tudo me fez pensar que, querendo ou não, todos carregamos alguma tristeza na nossa alma. São aquelas "pedras" no caminho,que constantemente fazem doer os nossos "pés"... Quem não têm a sua "pedrinha"? Mas para se viver melhor,consigo mesmo e com os outros, precisamos aprender a conviver com as nossas "pedras", e fazer das nossas feridas e cicatrizes,suaves tatuagens do tempo.

    Beijo grande no teu coração de poeta!
    Teresa
    ("Se essa lua fosse minha")

    ResponderExcluir
  13. Olá Alice,
    Lindo e melancólico poema!
    Todos sentimos tristeza em nossa alma e é preciso saber extrair dela o melhor. Só não devemos contagiar as pessoas que nos cercam com este sentimento.
    Além do mais, ela sempre passa e nos ensina a valorizar os momentos de alegria.
    Beijos, querida amiga.

    ResponderExcluir