2 de ago de 2012

Expulse a solidão

Img: google
A solidão vive a rondar
o coraçao e a alma da gente
e mesmo bem juntinho,
por vezes,
sozinho voce se sente.
Inimiga da alegria,
companheira fiel da tristeza,
ela chega de mansinho,
levando embora a beleza.
Por isso lhe aconselho
se ela se aproximar
expulse-a com veemencia
não a deixe acomodar,
lhe dar abrigo é arriscado,
poderá amanhã não conseguir,
tão facilmente,
dela se livrar.
(By Alice)

19 comentários:

  1. Alice querida, que fofa sua poesia.
    Não podemos deixar a solidão nos invadir e se apossar de nosso coração, depois fica difícil de mandá-la embora.
    Beijos com ternura pra ti.

    ResponderExcluir
  2. XÔ à solidão,rssr Ela é boa apenas de vez em quando...beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  3. Alice amada,

    Nào podemos deixar que a solidão encontre abrigo em nossas vidas...a alegria de viver pode expulsá-la para bem longe.

    Bjssssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  4. Uma bela poesia ,com certeza temos
    que expulsar a solidão de dentro de nós
    Adorei como sempre
    Bjuss com carinho
    Rita!!!!

    ResponderExcluir
  5. Lindo poema!
    Uma mega noite para vc.
    Bjsssssssssssssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  6. Isso, Alice, não devemos ser amigas da solidão... Ela sempre se aproxima e quer nos abraçar/envolver, mas precisamos afastá-la pra bem longe com decisão... Abracemos a ALEGRIA!
    Beijos...

    ResponderExcluir
  7. Oi
    Querida
    Pois esta dita cuja solidão,esteve a incomodar-me,
    mas felizmente tenho a pintura que amo tanto fazer,onde viajo e esqueço tudo o resto
    Linda poesia
    Amada,obrigado pela vst gentil e carinhosa
    Lindo fim de semana
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Adorei o pensamento...solidão faz pensar demais e as vezes não é bom...melhor agir e fazer...com calor humano!
    Beijos e um ótimo final de semana!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  9. Lindo poema!
    Solidão de alguma forma sempre temos em nossa vida, independe ou não de se ter alguém na vida.
    Gosto dela para pensar, refletir, mas ser só é horrível...beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Retornando das Tijucas Florestas, entre cachoeiras e translúcidas águas, pouso em um blog de Vida,Poesia e Amizade, chez moi,avec ma fiancé, sugamos até a última gota,textos vivos seus,kibon, da vida ,poesia e amizade,entre semelhantes que compartilham.................
    Bom ter voce como fraterna amiga,Alice Caríssima!
    Viva La Vida!

    Re e Ri!

    ResponderExcluir
  11. Alice,que belezura de poesia!A solidão machuca e temos que espantá-la se quiser ficar muito tempo!...rss...bjs e meu carinho,

    ResponderExcluir
  12. moça das cores e da poesia... lindo seu texto, e solidão não tá com nada mesmo... bom ficar só de vez em quando, mas só se for por opção pra refletir um pouquinho e depois dividir com alguém nossos pensamentos...

    beijossss

    Su.

    ps.: daquela lista de lá também tenho muita coisa pra "destralhar"...rs

    ResponderExcluir
  13. É verdade amiga, a solidão deve ser espantada do coração, para q ele possa novamente se sentir feliz. Belo poema!

    Bjos querida e uma noite abençoada!

    ResponderExcluir
  14. Amadamiga,

    sumí de novo, né? Mais uma vez probleminhas com o PC. Como aqui tudo é longe, quando precisamos de assistência técnica tem que levar onde moravamos antes. Ou seja, demora muito pra resolver pequenos problemas. Mas estou e volta e com muita saudade de vc!

    Mil bjinhos

    ResponderExcluir
  15. Dependendo que momento ou situação para mim ela é bem vida..apesar que não nascemos para viver só e isolados!Bjs.Sandra

    ResponderExcluir
  16. Tens razão Alice!
    Não podemos deixar a solidão
    fazer parte de nossas vidas.
    Abraços! Linda tarde pra ti.

    ResponderExcluir
  17. Concordo,você expressou muito,em poucas frases.
    Bjos,um lindo domingo,com muita alegria.

    ResponderExcluir
  18. Heranças frias caem como presentes
    Uma árvore morreu, sem nada dizer
    Uma palavra ficou perdida no chão da rua
    Uma última palavra que nunca será tua

    Uma menina feliz chega a mim pelos seus pés
    Vinda de um mundo desenhado na ilusão
    Trás uma grinalda de flores de sangue
    Colhidas a um ferido coração

    Convido-te a tocar e ler o “Meu muro das tentações”


    Doce beijo

    ResponderExcluir